Arquivo da categoria ‘Eventos científicos’

INPECCCaros colegas, desejamos informar a todos e todas que acaba de ser fundado o Instituto Nacional de Pesquisa em Comunicação Comunitária. O Instituto reúne três laboratórios e núcleos de pesquisa vinculados a três programas de Pós Graduação em Comunicação de três Universidades Federais. São eles: o Laboratório de Estudos em Comunicação Comunitária (LECC) do PPGCOM-UFRJ, o Laboratório de Investigação em Comunicação Comunitária e Publicidade Social (LACCOPS), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano, da UFF e o Laboratório de Pesquisa e Estudos em Comunicação Comunitária e Saúde Coletiva (LAPECCOS), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia da UFRN. O Instituto reúne inúmeros pesquisadores-sênior, estudantes de doutorado, mestrado e graduação. Por que um instituto? É que, nos últimos quinze anos, a perspectiva comunitária firmou-se no campo comunicacional não apenas como objeto empírico, mas principalmente como demanda de parceria com os novos sujeitos coletivos e minoritários que se fazem progressivamente visíveis no espaço público nacional, desde as periferias até os centros. O Instituto facilita a consolidação da pesquisa, na medida em que centraliza as interfaces com as instituições que pesquisam a temática em nível nacional e em que permite intensificar de maneira permanente os canais de intercâmbio em nível internacional. A partir de agora, o INPECC passa a gerenciar as pesquisas dos seus membros com reuniões permanentes, de maneira a reunir a reflexão sobre os trabalhos realizados pela área bem como contribuir com avanços para o campo. A partir de fevereiro, vamos dar início a uma agenda de eventos e publicações que estaremos sempre divulgando por esta e outras listas. O INPECC aproveita o ensejo para convidar ao diálogo acadêmico os pesquisadores interessados.

Abraços e que venha o 2014 com muito sucesso para todos nós!

Profa. Dra. Raquel Paiva – Coordenadora do LECC/UFRJ
Prof. Dr. Juciano de S. Lacerda – Coordenador do LAPECCOS/UFRN
Profa. Dra. Patrícia Saldanha – Coordenadora do LACCOPS/UFF

Anúncios

LANÇAMENTO DOS LIVROS DA REDE AMLAT NA FLIQ NATAL 2012

Publicado: outubro 22, 2012 por Juliana Bulhões em Cidadania, Eventos científicos
O Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia/UFRN e a EDUFRN convidam para o lançamento da produção editorial 2011/2012, da Rede de Pesquisa AMLAT, integrada por pesquisadores dos grupos de pesquisa PRAGMA/UFRN e PROCESSOCOM/UNISINOS, nesta quinta-feira, 25 de outubro, na Feira de Livros e Quadrinhos  de Natal – FliqNatal 2012, durante a CIENTEC2012, às 15h, no Estande da Editora da UFRN.
Na ocasião, estarão presentes dois dos organizadores das publicações: o coordenador geral da Rede AMLAT, Prof. Dr. Alberto Efendy Maldonado (PROCESSOCOM/PPGCC/UNISINOS), e o Prof. Dr. Juciano de Sousa Lacerda (PRAGMA/PPgEM/UFRN).
Fundado em 2009, o grupo Pragmática da Comunicação e da Mídia: teorias, linguagens, indústrias culturais e cidadania (PRAGMA) se constitui como processo participativo de interlocução e investigação, englobando os aportes teóricos e as práticas nos campos da pesquisa, ensino e extensão, voltados para a formação de pesquisadores desde a iniciação científica até a pós-graduação, numa perspectiva crítica, transformadora e metodologicamente plural. Fundado em 2002, o grupo Processos Comunicacionais: epistemologia, midiatização, mediações e recepção (PROCESSOCOM) tem como linha central a formação de pesquisadores sob uma perspectiva transformadora. Explora uma epistemologia crítica, que busca articular sabedorias milenares com estratégias inovadoras para a resolução de problemas de relevância social, histórica e política.
Já a Rede Temática de Cooperação, Comunicação, Cidadania, Educação e Integração da América Latina (AmLat) é uma rede colaborativa entre importantes universidades do continente. Seu objetivo é aperfeiçoar, renovar e aprofundar os processos de investigação científica por meio de encontros e produções acadêmicas compartilhadas. Coordenada pelo Grupo Processocom/Unisinos, integram a AMLAT uma rede de pesquisadores de universidades latino-americanas: Universidad Nacional de Córdoba-Argentina; Universidad Experimental Simón Rodríguez – Venezuela; Universidad Central del Ecuador- Equador; Universidade Federal da Paraíba –Brasil; Associação Educacional Luterana Bom Jeusus- IELUSC- Brasil; Universidade Federal de Santa Catarina-Brasil; Universidade Federal do Rio Grande do Norte- Brasil.
Sobre os livros
Epistemologia, Investigação e Formação Científica em Comunicação (Editora UFRN/Editora Unidavi, 2012)
O livro é produto de uma cooperação investigativa, teórica e educativa entre grupos, centros e núcleos participantes da Rede AmLat. Participam da organização do livro os pesquisadores A. Efendy Maldonado (Processocom/UNISINOS), Maria Elisa Máximo (Necom/IELUSC), Juciano Lacerda (Pragma/UFRN) e Graziela Bianchi (UTP). A produção apresenta experiências de trabalho, ensino e investigação nas suas complexidades e carências, como forma de fortalecer, socializar e realizar produtos intelectuais concretos para benefício das comunidades acadêmicas dos quatro países participantes. A publicação teve apoio do CNPq e do IELUSC-SC.
Comunicação, Educação e Cidadania: saberes e vivências em teorias e pesquisa na América Latina (Editora UFRN/Editora UFPB, 2011)
O terceiro livro da Rede AmLat concretiza uma parte significativa do trabalho intelectual produtivo dos grupos, centros, faculdades e investigadores envolvidos. Foi organizado pelos professores Alberto Efendy Maldonado (PRocessocom/UNISINOS), Virgínia Sá Barreto (Decom/UFPB) e Juciano Lacerda (Pragma/UFRN). O trabalho mostra a necessidade de redesenhar e operacionalizar as estratégias de reformulação educativa na América Latina, situando a investigação como eixo articulador dos processos de ensino/aprendizagem.

Para conhecer o trabalho dos grupos de pesquisa, acesse www.gppragma.wordpress.com e www.processocom.org.

Oferta: GP PRAGMA/PPgEM/UFRN E GP PROCESSOCOM/PPGCC-UNISINOS via Cooperação Rede AMLAT.

Crédito: 01

PROFESSOR: Dr. Alberto Efendy Maldonado, Pós-Doutor pela UAB-Barcelona, docente do PPG em Ciências da Comunicação da UNISINOS, Coordenador Geral da Rede AMLAT.

DATA: 23, 24 e 25 de outubro de 2012

HORÁRIO: das 8h30 às 12h30

LOCAL: Auditório da Geografia, Ed. do CCHLA (Azulão), Campus da UFRN, Natal.

 NÚMERO DE VAGAS: 40

COORDENADOR: Prof. Dr. Juciano de Sousa Lacerda – GP PRAGMA/PPgEM

 INSCRIÇÃO:

 

EMENTA: O curso apresenta um conjunto relevante de teorias e metodologias sobre as inter-relações entre comunicação, cultura e cidadania. São focadas problemáticas contemporâneas, procurando estruturar um campo de reflexão teórico-metodológica crítico a respeito dos processos sociomidiáticosde transformação comunicativa. Destacam-se os conceitos de cidadania comunicacional,interculturalidade, culturas midiáticas, sociabilidades, mediações e movimentos sociocomunicacionais.

OBJETIVOS: Desenvolver aptidão teórico-metodológica sobre as inter-relações entre comunicação, cultura e cidadania. Problematizar um campo de reflexão teórico-metodológico crítico sobre os processos midiáticos na perspectiva dos conceitos de cidadania comunicacional, interculturalidade, culturas midiáticas, sociabilidades, mediações e movimentos sociocomunicacionais.

PROCEDIMENTOS PEDAGÓGICOS:A disciplina será ministrada através de aulas expositivas-dialogadas, estudos dirigidos.

AVALIAÇÃO: O aluno será avaliado pela frequência em sala, participação nas aulas e produção de trabalho final sob orientação do professor-ministrante e do professor coordenador.

PROGRAMA

AULA 1: 23 de outubro (Terça-feira – 8h30-12h30)

Cidadania e contemporaneidade

CORTINA, Adela (2005). “Para uma teoria da cidadania”; “Cidadania Intercultural. Miséria do etnocentrismo”. In: A. Cortina, Cidadãos do mundo: para uma teoria da cidadania. São Paulo: Loyola, p.17-30 e p. 139-169.

MALDONADO, A. Efendy (2011). “A construção da cidadania científica como premissa de transformação sociocultural na contemporaneidade”. In: COMPÓS 2011- Anais (www.compos.org.br) (texto apresentado no GT Comunicação e Cidadania do XX Encontro da Compôs na UFRGS, Porto Alegre, 14-17 de junho).

AULA 2: 24 de outubro (Quarta-feira – 8h30-12h30)

Cidadania, cultura e economia

FURTADO, Celso (2002). “Que futuro nos aguarda?”; “O centenário de RaúlPrebisch”, in Celso Furtado, Em busca de novo modelo/Reflexões sobre a crise contemporânea. São Paulo: Paz e Terra, p. 27-43 e p 83-94.

MONJE, Daniela (2011). “Políticas del audiovisual en la integración regional mercosureña: aportes metodológicos para su estudio a partir del análisis comparado y el estudio de caso”. In: MALDONADO, A.E; BARRETO, V.; LACERDA, J. Comunicação, educação e cidadania: saberes e vivências em teorias e pesquisa na América Latina. João Pessoa-Natal. Editora UFPB- Editora UFRN, p.267. 296.

 

AULA 3: 25 de outubro (Quinta-feira, 8h30-112h30)

Inter-relações culturais, mídia e configurações contemporâneas

BONIN, Jiani (2011). “Coletivos culturais e espaço público midiatizado: delineamentos para investigar as configurações dos usos,, apropriações e produções de mídias em grupos étnicos”. In: MALDONADO, A.E; BARRETO, V.; LACERDA, J. Comunicação, educação e cidadania: saberes e vivências em teorias e pesquisa na América Latina. João Pessoa- Natal: Editora UFPB- Editora UFRN, p. 143-167.

MARTÍN BARBERO, Jesús (2006). “Tecnicidades, identidades,alteridades:mudanças e opacidades da comunicação no novo século”. In:MORAES,Denisde (org.). Sociedade midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad, p.51-79.

 

CURRÍCULO: Alberto Efendy Maldonado Gómez de la Torre é Professor Titular do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação UNISINOS (doutorado e mestrado, 2000-2012). Orientador de doutorado. Pós-doutor em Comunicação na Universidade Autônoma de Barcelona (2004-2005). Doutor em Ciências da Comunicação (USP) 1999. Investigador de problemáticas epistemológicas, teóricas e metodológicas focadas na produção de conhecimento e estratégias de transformação na América Latina. Autor de obras de referência sobre a investigação em comunicação na região e suas vertentes constitutivas, em termos teórico-metodológicos. Em pesquisa empírica é responsável de investigações extensas e aprofundadas a respeito da produção midiática sobre América Latina, Brasil e Equador. É fundamentador da tese Transmetodológica. Produtor de livros, artigos e ensaios que problematizam a transformação sociocomunicativa e cultural gerada pela invenção da dimensão digital. Professor visitante: Universidade Autônoma de Barcelona (UAB /Doutorado); Universidade Andina Simón Bolívar (Comunidad Andina/Mestrado); Universidade Federal do Piauí (UFPI-DINTER-Doutorado); CIESPAL (Quito); Universidade Politécnica Salesiana (Equador/Mestrado); Universidade Estadual do Tocantins (UNITINS-Especialização); Universidade Central do Equador (UCE). Ministra seminários, disciplinas, cursos e oficinas experimentais sobre metodologias transformadoras e epistemologias do Sul. Coordenador do Grupo de Pesquisa PROCESSOCOM (UNISINOS/CAPES/CNPq 2002-2012). Coordenador Geral da Rede Temática (AMLAT-CNPq) Comunicação, Cidadania, Educação e Integração na América Latina 2009-2012 (UNISINOS/ Universidad Nacional de Córdoba [Argentina]/ Universidad Nacional ExpermentalSimón Rodríguez [Venezuela]/ Universidad Central delEcuador/ UFPB-UFRN-UFSC – IELUSC) (Edital MCT/CNPq Nº 11/2008). Investigador credenciado na Secretaria de Ciência e Tecnologia do governo da Catalunha, da CAPES e do CNPq [Brasil]; pesquisador convidado do Migracom-UAB. Consultor da Fundação Ford, da Universidade de Coimbra, da UniversidadComplutense de Madrid e do Centro Internacional de Estudios Superiores enComunicación para América Latina, CIESPAL. Membro fundador da Linha de Pesquisa Cultura, Cidadania e Tecnologias da Comunicação (PPGCC-UNISINOS) e do GT Epistemologia da COMPÓS. Coordenador do GT Teoria da Comunicação INTERCOM, 1998-1999. Editor Geral da Revista Fronteiras/Estudos Midiáticos (UP&PG/Unisinos 2006-2008). Consultor científico permanente das revistas: MediacionesSociales (UniversidadComplutense de Madrid); CHASQUI-CIESPAL; Comunicação e Educação (ECA-USP); Comunicação, mídia e consumo (Mestrado ESPM);;Comunicare (Mestrado Cásper Líbero). Membro das sociedades científicas SBPC, ALAIC, INTERCOM, COMPÓS.

 Caros companheiros e companheiras pesquisadores,

Aproveito este momento para reforçar o convite para que enviem seus relatos de pesquisa e textos propositivos ao debate para o nosso GP de Comunicação para a Cidadania, da INTERCOM NACIONAL 2012, que vai acontecer em Fortaleza, de 3 a 7 de setembro, na Unifor. A submissão se encerra no dia 29 de junho de 2012, sendo que o pagamento da inscrição deve ser feito até o dia 26/06/12. Segue a ementa do nosso GP e ficamos abertos a esclarecimentos.


EMENTA: Aspectos teóricos e metodológicos resultantes de pesquisa científica que tenham como objeto as inter-relações entre comunicação e cidadania, expressas a partir dos campos comunicacional e midiático e suas relações com as culturas populares, comunidades, identidades culturais e minorias, com ênfase nos processos que se desenrolam no âmbito dos movimentos populares, comunitários, sindicais e nas ONGs, bem como nas esferas partidárias e religiosas. São priorizados igualmente estudos sobre ações e práticas comunicacionais alternativas e comunitárias envolvendo as apropriações e os usos das tecnologias da comunicação pelas redes de movimentos sociais no contexto da sociedade globalizada que envolvam perspectivas cidadãs relacionadas à diversidade cultural e à interculturalidade e em que estejam implicadas noções e / ou interfaces com classe social, gênero, geração, etnia, religião, regionalismo e migrações, além de outras experiências identitárias e minoritárias.
PALAVRAS-CHAVE: Comunicação comunitária; Identidades culturais; Redes sociotécnicas; Comunicação popular; Mídia alternativa; Culturas populares; Interculturalidade; Cidadania; Movimentos sociais.

Saudações acadêmicas,

Claudia Lahni (UFJF) e Juciano Laceda (UFRN)
Coordenadora e Vice-Coordenador do GP Comunicação para a Cidadania – Intercom
Site: https://gpcomunicacaocidadania.wordpress.com/

 

intercom-2012
Tema central: Esportes na Idade Mídia – diversão, informação e educação.
O XXXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação (http://www.portalintercom.org.br) será realizado de 3 a 7 de setembro de 2012 na Unifor – Universidade de Fortaleza, em Fortaleza – CE. Fique atento aos prazos para submissão de trabalhos e inscrição no Congresso. Abaixo o calendário do evento:

Inscrição de trabalhos
 
Prazo inicial para inscrição de trabalhos
9 de abril
Prazo máximo para inscrição de trabalhos
29 de junho
Os interessados em submeter trabalhos devem efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia
ATENÇÃO: os coautores que queiram receber certificados TAMBÉM devem efetuar o pagamento até essa data
26 de junho
Data final para comunicação dos aceites dos trabalhos
Atenção: após a submissão do trabalho, verifique periódicamente o status da avaliação em sua área reservada, para o caso de alterações solicitadas pelos avaliadores
16 de julho

Está aberta a chamada de trabalhos para o II Colóquio Brasil-Chile de Ciências da Comunicação, a ser realizado nos dias 3 e 4 de setembro de 2012, em Fortaleza, no Hotel sede do Congresso da Intercom. O tema do Colóquio é Comunicação e Entretenimento, e o evento integra a programação prévia ao Congresso da Intercom 2012 a ser realizado em Fortaleza.

O prazo de inscrição de trabalhos encerra dia 29 de junho e a submissão de textos completos deve ser feita pelo site da Intercom no modelo-padrão de submissão de textos. O cronograma do evento e as informações detalhadas sobre a submissão de textos estão disponíveis no documento em anexo a essa mensagem neste link.

Call for Papers II Colóquio Brasil-Chile

O XXXV Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, promovido pela Sociedade Intercom, será sediado na Unifor, em Fortaleza-CE. O evento, cujo tema central desta edição é “Esportes na Idade Mídia – diversão, informação e educação”, acontecerá entre os dias 3 e 7 de setembro. Confira a Chamada de Trabalhos.
Mais informações: Portal Intercom

Congressos Regionais da Intercom abrem inscrições

Publicado: março 7, 2012 por Juliana Bulhões em Eventos científicos
Tags:

Os Congressos Regionais da Intercom abrem suas inscrições no dia 1º de março. Os eventos, que ocorrem nos meses de maio e junho, discutirão o mesmo tema do Congresso Nacional: “Esportes na idade mídia: diversão, educação, informação”. Também em 1º de março, começa o período para as Instituições de Ensino Superior indicarem trabalhos e alunos líderes para o Prêmio Expocom.

O XI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Norte (http://intercomnorte.wordpress.com/) acontece de 17 a 19 de maio na Universidade Federal do Tocantins (UFT), em Palmas (TO), sob a coordenação de Liana Vidigal Rocha e Edna de Mello Silva. O evento deve reunir pesquisadores, professores e profissionais do Tocantins, Pará, Amazonas, Rondônia, Acre, Amapá e Roraima.
Já o XIV Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste acontece na Faculdade Boa Viagem, em Recife (PE), de 14 a 16 de junho, sob a coordenação de Janaina de Holanda Costa Calazans. A expectativa de participação é de 1,5 mil pessoas. Os alunos estão sendo convidados a participar, de forma voluntária, para a organização e realização do congresso. O número de voluntários deve ficar entre 80 e 100.
O XIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul (http://apps.unochapeco.edu.br/intercomsul/) acontece de 31 de maio a 2 de junho na Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó), na cidade de Chapecó (SC), sob a coordenação de Mariângela Alves Storniolo Torrescasana.
Por sua vez, o XVII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste (http://www.jornalismo.ufop.br/17intercomse/) acontece entre 28 a 30 de junho na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em Ouro Preto (MG), sob a coordenação de Nair Prata Moreira Martins.
Para a UFOP, o primeiro contato que se tem com a atividade jornalística e com a área da comunicação contribui muito para a consolidação do futuro profissional. Assim, a universidade acredita que o congresso da Intercom permitirá que alunos de todo o país apresentem seus trabalhos, obtenham conhecimento e recebam premiações e reconhecimento entre seus pares.
O XIV Congresso de Ciências da Comunicação na Região Centro-Oeste (http://intercomufms2012.com/) ocorre entre 7 a 9 de junho sob a coordenação de Daniela Ota, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande (MS). O maior desafio para a organização local é atrair mais público, totalizando 800 pessoas. Para isso, conta com o apoio de outras universidades que têm curso de Comunicação em Campo Grande e Dourados, segunda maior cidade do Estado e que já sediou o Intercom Centro Oeste.

Os Congressos Regionais da Intercom abrem suas inscrições no dia 1º de março. Os eventos, que ocorrem nos meses de maio e junho, discutirão o mesmo tema do Congresso Nacional: “Esportes na idade mídia: diversão, educação, informação”. Também em 1º de março, começa o período para as Instituições de Ensino Superior indicarem trabalhos e alunos líderes para o Prêmio Expocom.

O XI Congresso de Ciências da Comunicação na Região Norte acontece de 17 a 19 de maio na Universidade Federal do Tocantins (UFT), em Palmas (TO), sob a coordenação de Liana Vidigal Rocha e Edna de Mello Silva. O evento deve reunir pesquisadores, professores e profissionais do Tocantins, Pará, Amazonas, Rondônia, Acre, Amapá e Roraima.

Já o XIV Congresso de Ciências da Comunicação na Região Nordeste acontece na Faculdade Boa Viagem, em Recife (PE), de 14 a 16 de junho, sob a coordenação de Janaina de Holanda Costa Calazans. A expectativa de participação é de 1,5 mil pessoas. Os alunos estão sendo convidados a participar, de forma voluntária, para a organização e realização do congresso. O número de voluntários deve ficar entre 80 e 100.

O XIII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sul acontece de 31 de maio a 2 de junho na Universidade Comunitária da Região de Chapecó (Unochapecó), na cidade de Chapecó (SC), sob a coordenação de Mariângela Alves Storniolo Torrescasana.

Por sua vez, o XVII Congresso de Ciências da Comunicação na Região Sudeste acontece entre 28 a 30 de junho na Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), em Ouro Preto (MG), sob a coordenação de Nair Prata Moreira Martins.

Para a UFOP, o primeiro contato que se tem com a atividade jornalística e com a área da comunicação contribui muito para a consolidação do futuro profissional. Assim, a universidade acredita que o congresso da Intercom permitirá que alunos de todo o país apresentem seus trabalhos, obtenham conhecimento e recebam premiações e reconhecimento entre seus pares.

O XIV Congresso de Ciências da Comunicação na Região Centro-Oeste ocorre entre 7 a 9 de junho sob a coordenação de Daniela Ota, na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande (MS). O maior desafio para a organização local é atrair mais público, totalizando 800 pessoas. Para isso, conta com o apoio de outras universidades que têm curso de Comunicação em Campo Grande e Dourados, segunda maior cidade do Estado e que já sediou o Intercom Centro Oeste.

Fonte: Portal Intercom