Arquivo da categoria ‘Mídia Alternativa’

INPECCCaros colegas, desejamos informar a todos e todas que acaba de ser fundado o Instituto Nacional de Pesquisa em Comunicação Comunitária. O Instituto reúne três laboratórios e núcleos de pesquisa vinculados a três programas de Pós Graduação em Comunicação de três Universidades Federais. São eles: o Laboratório de Estudos em Comunicação Comunitária (LECC) do PPGCOM-UFRJ, o Laboratório de Investigação em Comunicação Comunitária e Publicidade Social (LACCOPS), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Mídia e Cotidiano, da UFF e o Laboratório de Pesquisa e Estudos em Comunicação Comunitária e Saúde Coletiva (LAPECCOS), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Estudos da Mídia da UFRN. O Instituto reúne inúmeros pesquisadores-sênior, estudantes de doutorado, mestrado e graduação. Por que um instituto? É que, nos últimos quinze anos, a perspectiva comunitária firmou-se no campo comunicacional não apenas como objeto empírico, mas principalmente como demanda de parceria com os novos sujeitos coletivos e minoritários que se fazem progressivamente visíveis no espaço público nacional, desde as periferias até os centros. O Instituto facilita a consolidação da pesquisa, na medida em que centraliza as interfaces com as instituições que pesquisam a temática em nível nacional e em que permite intensificar de maneira permanente os canais de intercâmbio em nível internacional. A partir de agora, o INPECC passa a gerenciar as pesquisas dos seus membros com reuniões permanentes, de maneira a reunir a reflexão sobre os trabalhos realizados pela área bem como contribuir com avanços para o campo. A partir de fevereiro, vamos dar início a uma agenda de eventos e publicações que estaremos sempre divulgando por esta e outras listas. O INPECC aproveita o ensejo para convidar ao diálogo acadêmico os pesquisadores interessados.

Abraços e que venha o 2014 com muito sucesso para todos nós!

Profa. Dra. Raquel Paiva – Coordenadora do LECC/UFRJ
Prof. Dr. Juciano de S. Lacerda – Coordenador do LAPECCOS/UFRN
Profa. Dra. Patrícia Saldanha – Coordenadora do LACCOPS/UFF

Anúncios

O I Seminário Mídia e Liberdade acontece na cidade de Recife no próximo dia 05 de março. O evento, promovido pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGCOM) da Universidade Federal de Pernambuco em parceria com o Departamento de Comunicação (DCOM) e o Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco (Sinjope), acontecerá no auditório do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da UFPE (Av. Prof. Moraes Rego, 1235 – Cidade Universitária, Recife – PE).


Confira a programação:
9h – Laurindo “Lalo” Leal Filho (USP) – “Estado, mercado e liberdade: a democratização dos meios de comunicação na atualidade sul-americana”
14h – Mino Carta – “Da ditadura à democracia: mídia e censura no Brasil contemporâneo”

Mais informações: ppgcomufpe@yahoo.com.br

Fontes: FNDC e UFPE

O I Simpósio CEPOS-MIDIACID acontece no próximo sábado (29), das 9h às 13h e das 14h30 às 17h, com o tema “Mídia, diversidade cultural e políticas públicas de afrodescendentes”, no Auditório da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), localizada à Av. Borges de Medeiros, 915b, 7º andar, Porto Alegre – RS.

As inscrições podem ser feitas gratuitamente clicando AQUI ou AQUI.

Programação

8h30: Mesa de abertura (representantes dos organizadores)

9h às 10h30: Mesa 1 – As mídias e as políticas públicas de igualdade racial

1) A experiência da Afropress : possibilidades e desafios – Dojival Vieira, diretor da Agência de Notícias Afropress (São Paulo)
2) Experiências de Formação Docente e Gestora. Questões Metodológicas e Práticas Educomunicativas na Implementação da LDB 9394/96 alterada pela Lei 10.639/03 – Rosangela Malachias, da Mídia Etnia Educação e Comunicação Ltda, USP, NEINB (São Paulo)
Mediadora: Denise Cogo (Unisinos)

11h às 13h: Mesa 2 – Mobilização e organização de jornalistas e as questões de negritude
Sátira Machado – Jornalista e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Unisinos
Jeanice Dias Ramos – Jornalista do  Núcleo de Jornalistas Afro-Brasileiros do Sindicato dos Jornalistas do RS.
Mediador: Valério Brittos (Unisinos)

14h30 às 16h30: Mostra de produções audiovisuais
Agência da Boa Notícia Guajuviras (ABNG) – Andrea Freitas e Janice Machado
Grupo Rafuagi – Rafael Diogo dos Santos
Ong Educativa – Felipe Martini – junto com grupo Nação Periférica
Mediador: Bruno Lima Rocha (Unisinos)

16h30 às 17h – Encerramento

Organizadores
·  Grupo de Pesquisa Comunicação, Economia Política (CEPOS) do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da UNISINOS.
·  Grupo de Pesquisa Mídia, Cultura e Cidadania (MIDIACID) do Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da UNISINOS.
·    Instituto Humanitas Unisinos (IHU).
·    Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) da UNISINOS.
·    Fundação Ford.
·    Núcleo de Jornalistas Afro-Brasileiros do Sindicato dos Jornalistas do RS.

A Universidade da Beira, de Portugal, disponibilizou para download grátis 30 livros na área de Comunicação Social lançados entre 2010 e 2011. Os downloads podem ser feitos AQUI. Confira os títulos, autores e resumos:

Tradição e Reflexões: Contributos para a teoria e estética do documentário
Autor: Manuela Penafria
Resumo: A obra fala do processo de produção de um documentário e mostra exemplos de histórias colocadas neste formato, como por exemplo o movimento operário brasileiro dos anos 70 ou até mesmo durante a era franquista espanhola.

Pragmática: Comunicação Publicitária e Marketing
Autor: Annamaria Jatobá Palacios e Paulo Serra
Resumo: A coletânea divulga textos de pesquisadores portugueses, espanhóis e brasileiros com produção acadêmica voltada para a investigação de mecanismos linguístico-discursivos desenvolvidos por diferentes práticas sócio-discursivas, a exemplo da publicidade, comunicação organizacional e marketing.

O admirável Mundo das Notícias: Teorias e Métodos
Autor: João Carlos Correia
Resumo: O livro pretende ser um manual onde se encontre uma abordagem aprofundada da literatura disponível sobre Estudos Jornalísticos.

Radiojornalismo hipermidiático: tendências e perspectivas do jornalismo de rádio all news brasileiro em um contexto de convergência tecnológica
Autor: Debora Cristina Lopez
Resumo: A autora analisa emissoras all news brasileiras e se insere no contexto da revolução que afeta o rádio contemporâneo.

Jornalismo e convergência: Ensino e práticas profissionais
Autor: Claudia Quadros, Kati Caetano e Álvaro Larangeira
Resumo: Nesta obra pesquisadores do Brasil, Espanha, Portugal e México discutem novas propostas teórico-metodológicas para o ensino do jornalismo digital. Diversas experiências de ensino também são relatadas, evidenciando problemas, busca de soluçoes, improvisações e criatividade diante de estruturas ainda em desenvolvimento do sistema de ensino.

A Gazeta “da Restauração”
Autor: Jorge Pedro Sousa (Coord.); Maria do Carmo Castelo Branco; Mário Pinto; Sandra Tuna; Gabriel Silva; Eduardo Zilles Borba; Mônica Delicato; Carlos Duarte; Nair Silva; Patrícia Teixeira
Resumo: O livro procura explicar como foi introduzido o jornalismo em Portugal, quais os fatores que contribuíram para o desenvolvimento dessa atividade de disseminação de informação e conhecimento no país, qual a importância que, nesse contexto, teve a Gazeta apelidada “da Restauração”, do que falava essa Gazeta e como falava dos assuntos que abordava.

Retórica e Mediatização: As Indústrias da Persuasão
Autor: Ivone Ferreira & Gisela Gonçalves
Resumo: A obra mostra de que modo as novas mídias contribuem para a persuasão sobre produtos, marcas ou ideias políticas e até que ponto a retórica mediatizada tem acompanhado a evolução tecnológica e se adaptado às novas ferramentas comunicacionais. Além disso o livro também fala sobre os atores e temáticas que sobressaem dessa análise e de que forma o jornalismo incorpora novas formas retóricas para se tornar mais eficiente.

Ensaios de Comunicação Estratégica
Autor: Eduardo J. M. Camilo
Resumo: No livro, o autor homenageia alguns amigos e aproveita para dar uma amostra representativa de textos que falam de comunicação estratégica, discursos políticos, teorias de comunicação publicitária e a análise do discurso publicitário (comercial).

Vitrine e vidraça: Crítica de Mídia e Qualidade no Jornalismo
Autor: Rogério Christofoletti
Resumo: Através da obra, o autor procura discutir a qualidade no jornalismo e tenta refletir sobre democracia e responsabilidade social. O livro está atrelado também ao debate sobre a ética, a formação dos novos jornalistas, a inovação e a busca da excelência técnica.

Cidadania Digital
Autor: Isabel Salema Morgado e António Rosas
Resumo: Neste livro, os autores vão procurar encontrar respostas para a questão da cidadania digital, apresentando análises de realidades diversas cujo enquadramento comum são os usos que os cidadãos fazem das redes digitais.

Cidadania Digital
Autor: Isabel Salema Morgado e António Rosas
Resumo: Neste livro, os autores vão procurar encontrar respostas para a questão da cidadania digital, apresentando análises de realidades diversas cujo enquadramento comum são os usos que os cidadãos fazem das redes digitais.

Homo Consumptor: Dimensões Teóricas da Comunicação Publicitária
Autor: Eduardo José Marcos Camilo
Resumo: O objetivo do autor é responder a uma única questão central: o que é a publicidade enquanto fenômeno de comunicação de massa? Na resposta, o autor reúne uma série de paradigmas teóricos que pretende que sejam alternativos aos que habitualmente estão integrados no domínio das ciências empresariais, com especial destaque para o do marketing.

Conceitos de Comunicação Política
Autor: João Carlos Correia, Gil Baptista Ferreira e Paula do Espírito Santo
Resumo: Vislumbra-se com este livro um aprofundamento dos estudos nesta área visível da imprensa universitária e especializada e na formação de Grupos de Trabalho nas Sociedades Científicas nacionais e internacionais.

Marketing e comunicación
Autor: José Sixto García
Resumo: A obra fala das relações existentes entre a comunicação, o jornalismo e o marketing. Também apresenta uma nova categoria do marketing voltada para a comunicação, chamada de Marketing da Comunicação.

O Paradigma Mediológico: Debray depois de Mcluhan
Autor: José António Domingues
Resumo: O problema geral do livro remete para o exame do poder constitutivo da mediação em seis momentos fundamentais: teológico, filosófico, gramatológico, representacional, técnico-científico e digital.

Direitos do Homem, Imprensa e Poder
Autor: Isabel Salema Morgado
Resumo: Entendida por muitos como marco civilizacional, coube-me procurar compreender como é percepcionada a Declaração Universal dos Direitos do Homem, na sua dupla projeção: como representação social objetivada no discurso e como enquadramento de uma certa prática política enquanto proposta de exercício do poder para todos os Estados.

Redefinindo os gêneros jornalísticos: Proposta de novos critérios de classificação
Autor: Lia Seixas
Resumo: Com as novas mídias, surgem novos formatos, se hibridizam, se embaralham os gêneros. A noção de gênero entra, mais uma vez, em cheque. Por isso mesmo passa a ser vista com mais atenção. Alguns gêneros podem acabar, outros podem aparecer. Alguns se transformam, outros se mantêm.

Informação e Persuasão na web: Relatório de um projecto
Autor: Paulo Serra e João Canavilhas
Resumo: O projeto procura estudar os princípios a que terá de obedecer a construção das páginas Web das instituições de ensino superior públicas portuguesas. Delineou-se, para a execução de tal objetivo, uma investigação focada nos utilizadores, e que confrontasse estes com as diversas possibilidades de organização da informação, de modo a apurar as que se revelariam, de facto, quer como as mais persuasivas, quer como as mais satisfatórias das necessidades e interesses desses mesmos utilizadores.

Webnoticia: Proposta de Modelo Jornalístico Para a Internet
Autor: João Canavilhas
Resumo: O livro é parte da tese de doutorado “Webnoticia: Proposta de Modelo Jornalístico Para a Internet” e pretende ser uma pequena contribuição para a identificação de uma linguagem convergente para o webjornalismo.

Manual da Teoria da Comunicação
Autor: Joaquim Paulo Serra
Resumo: A obra mostra como a comunicação assumiu um lugar tão central na nossa sociedade.

Jornalismo Digital de Terceira Geração
Autor: Suzana Barbosa
Resumo: O livro Jornalismo digital de terceira geração reúne os artigos apresentados durante as “Jornadas Jornalismo On-line.2005: Aspectos e Tendências”, durante os dias 25 e 26 de Novembro, na Universidade da Beira Interior, Covilhã (Portugal). O livro agrega mais duas importantes contribuições produzidas pelos autores brasileiros Elias Machado, Marcos Palacios e Paulo Munhoz.

Sociedade e Comunicação: Estudos Sobre Jornalismo e Identidades
Autor: João Carlos Correia
Resumo: A obra cita, no plano da indústria mediática, a tentativa de pensar formas alternativas de comunicação que privilegiem uma relação dinâmica com os públicos, aberta à crítica e à partilha de saberes, ao confronto de opiniões e de argumentos, à pluralidade de discursos, por oposição ao paradigma constituído pela comunicação de massa.

Comunicação e Política
Autor: João Carlos Correia
Resumo: Este livro tem as qualidades e fraquezas do pioneirismo. Reflete um certo ponto da investigação portuguesa nos domínios da Comunicação e Política.

Comunicação e Poder
Autor: João Carlos Correia
Resumo: A obra fala da comunicação e do poder como dois conceitos englobantes, alegadamente monumentais, dotados de uma vastidão conceitual suficientemente abrangente.

A Persuasão
Autor: Américo de Sousa
Resumo: O estudo da persuasão pressupõe uma viagem pelos territórios teóricos que a sustentam: a retórica, a argumentação e a sedução.

A Informação como Utopia
Autor: Joaquim Paulo Serra
Resumo: O libro mostra como a “sociedade da informação” tem as suas raízes no ideal iluminista de uma sociedade constituída por cidadãos que, partilhando o saber, podem decidir democraticamente, partilhando o poder.

Manual de Jornalismo
Autor: Anabela Gradim
Resumo: É um manual extremamente conservador, tanto na forma de encarar a imprensa e o seu papel, como na ideologia e propostas implícitas e explícitas ao longo do texto.

A Letra: Comunicação e Expressão
Autor: Jorge Bacelar
Resumo: O autor fala de como o homem descobre maneiras de estabelecer registros que duram por muito tempo e como foi a evolução formal dos símbolos tipográficos ao longo das últimas décadas.

Jornalismo e Espaço Público
Autor: João Carlos Correia
Resumo: O objetivo deste trabalho é, com recurso a uma perspectiva interdisciplinar, indagar sobre a natureza da relação entre a indústria jornalística e os seus públicos no contexto de uma sociedade de massa.

Semiótica: A Lógica da Comunicação
Autor: António Fidalgo
Resumo: O livro discute a semiótica através de dois fatores que, de acordo com o autor, demarcam os estudos semióticos contemporâneos em comparação com os antigos e, simultaneamente, instituem a semiótica como ciência.

Confira o novo projeto de formação em audiovisual da cidade de Caravelas, no interior da Bahia, o Pólo de Midiativa. O projeto destina-se a capacitar moradores da cidade em produção audiovisual, a fim de estimular a produção de material imagético na região Sul da Bahia, além de contribuir para a democratização dos preceitos e conhecimento técnicos e criativos necessários para o aprimoramento em produção audiovisual, ao formar possíveis multiplicadores egressos das oficinas.

Reconhece o mérito da oferta de oportunidade e capacitação para que mais pessoas explorem as possibilidades de criar conteúdos que transmitam textos e possibilitem leituras distintas a receptores de produtos comunicacionais nem sempre presentes nos circuitos e mídias convencionais. Além disso, tal proposta reforça a importância do uso das novas tecnologias como práticas de aprendizagem e como instrumento para a geração de emprego e renda e para a constituição de sujeitos críticos.

O projeto é coordenado por Ricardo Oliveira de Freitas, financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB), realizado pela UESC e Grupo Arte Manha, tem como parceiros a Prefeitura de Caravelas, a Secretaria Estadual de Educação, a Secretaria Municipal de Cultura, o Parque Nacional de Abrolhos/MMA, a RESEX do Cassurubá, a Resex do Corumbau/ICMBio  e o Cineclube Caravelas, e como apoios o Hotel Marina Porto Abrolhos e a Associação de Pescadores de Caravelas – APESCA.

Confira:  http://polomidiativa.blogspot.com

Foi lançado recentemente pela Compós – Associação Nacional dos Programas de Pós Graduação em Comunicação – o livro “Comunicação, Informação e Cidadania: Refletindo Práticas e Contextos”, organizado por Valdir Jose Morigi, Ilza Maria Tourinho Girardi e Cristóvão Domingos de Almeida. O livro é resultado de várias pesquisas que envolveram professores e estudantes de pós-graduação em diferentes universidades do Sul do Brasil. Ele se constitui num instrumento reflexivo e serve de auxílio àqueles que desejam aprender mais sobre comunicação, informação e cidadania no mundo contemporâneo.

Os autores que participaram da edição pretendem compartilhar, de modo simples e direto, suas ideias, conhecimentos, experiências, dialogando com os resultados das suas pesquisas e, assim, lançar novos olhares e desafios para a construção de uma sociedade solidária, democrática e com justiça socioambiental. A obra está disponível para compra pela editora Sulina. Mais informações, clique AQUI.

A Marcha da Reforma Agrária do Século XXI, coordenada pelo Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST), movimento social pela reforma agrária organizado em dez estados da Federação, com a finalidade de promover o urgente resgate sobre o debate da necessária transformação da estrutura agrária brasileira, através do estimulo da produção audiovisual sobre o tema da reforma agrária no Brasil, institui o edital que regulamenta o Concurso Nacional do MLST de Vídeos de 1 minuto: “Um Minuto sobre a Reforma Agrária do Século XXI”.

Esta primeira edição do concurso ocorre no marco da Marcha da Reforma Agrária do Século XXI, organizada pelo MLST em todo o país de 21 de agosto a 7 de setembro de 2011, e homenageia o histórico líder camponês e presidente de honra do MLST, Manoel da Conceição – símbolo vivo da luta campesina contra a ditadura militar e a favor da reforma agrária e da democracia no Brasil.

Os vídeos deverão ter no mínimo 60 segundos e no máximo 70 segundos de duração, incluindo os créditos, e poderão ser realizados em qualquer tipo de equipamento que produza imagens em movimento: câmera de vídeo, câmera de foto digital (seqüências de fotos), câmera de celular, ou animação feita no computador. As inscrições são gratuitas e estão abertas até o dia 11 de agosto. Mais informações: mariafernandacomplex@gmail.com

Fonte: Iteia